5 dicas pra lidar com visitas inesperadas

Aquele amigo ou vizinho(a) resolveu visitar ou o(a) gato(a) do Tinder finalmente aceitou o convite de ~ver um filme~ com você? Ótimo! Pena que a casa tá uma zona! Mas não entre em pânico, dá pra limpar o suficiente antes do interfone tocar. Olha só:

1- Foco, fé e força
Pense em que local da casa a pessoa vai ficar mais tempo e foque em deixar aquele lugar o mais arrumado. Arrume o quarto e a cama pro peguete, arrume o sofá e a mesa pros amigos, arrume a bancada da cozinha pra sua mãe. E não tem nada de deselegante em deixar a porta dos outros cômodos fechadas.

2 – O coração não sente se os olhos não vêem
A nossa casa é cheia de lugares onde uma visita não tem acesso: dentro dos armários, das gavetas, embaixo das pias. Use esses lugares pra jogar sua bagunça, depois você organiza com calma. Simplesmente não vai dar tempo de dobrar todas as roupas jogadas ou de guardar todas as embalagens de produtos no banheiro, então seja prático. Se não for cozinhar, até o seu forno é um lugar pra estocar coisas.

3 – Luz, câmera, ação
Seguindo a mesma lógica: bagunça não vista é bagunça que não existe. Abuse das opções de iluminação da sua casa. Quanto menos luz, melhor. Seja luminária ou abajur ou pisca-pisca, tudo é melhor do que lâmpadas incandescentes super brilhantes mostrando cada detalhe da sujeira que ficou pra trás.

4 – Me diga onde você vai que eu vou varrendo
Mesma regra aqui: a sujeira da casa alheia é tolerável até certo ponto, mas o chão é sagrado. Então, melhor tentar varrer a casa nesse tempo curto entre o aviso da pessoa e sua chegada. Mas, novamente, vale aquela regrinha: dê destaque às áreas onde a visita for passar mais tempo.

5 – Você aceita um pedaço?
É de bom grado oferecer uma comida para visitas, certo? Mas as vezes estamos desprevinidos. Então ofereça água, suco, energético, whisky, o que você tiver e não for dar trabalho (não ofereça, portanto, cafés ou drinks elaborados). E o melhor golpe nessa hora é dizer: “nossa, eu tava ligando pra pizzaria agora pra pedir uma pra mim, acredita? Quer dividir?”. Pronto!

10 dicas pra mudar pra sempre sua vida na cozinha

1 – Para comer um cupcake de boas, corte ele no meio e faça um sanduíche, transformando a cobertura em recheio!

Captura de Tela 2014-12-03 às 17.12.03

2 – Use a tampinha do Tic-Tac pra controlar quantos você quer pegar de cada vez

Captura de Tela 2014-12-03 às 17.13.13

3 – Use um garfo pra não molhar seus dedos na hora de molhar a última parte do biscoito

Captura de Tela 2014-12-03 às 17.14.13

4 – Antes de cozinhar, coloque o ovo num copo d’água: se afundar ele está bom, se boiar está podre

Captura de Tela 2014-12-03 às 17.15.41

5 – Meia xícara de leite desnatado + meia xícara de leite integral + três colheres de chá de açúcar e você faz sorvete! É só misturar tudo dentro de um saquinho e colocá-lo em um saco com gelo (veja no vídeo no final do post).

Captura de Tela 2014-12-03 às 17.19.18

6 – A mesma coisa com suco de laranja: dá pra fazer um smoothie show de bola

Captura de Tela 2014-12-03 às 17.21.45

7 – Uma lata de leite condensado fechada na água fervendo por umas 3 horas e você terá doce de leite!

Captura de Tela 2014-12-03 às 17.20.46

8 – Com 4 minutos de micro-ondas a espiga de milho sai das folhas com muito mais facilidade

Captura de Tela 2014-12-03 às 17.23.55

9 – Batendo creme de leite, ele vai separar os sólidos dos líquidos e os sólidos são o quê? Isso mesmo, manteiga!

Captura de Tela 2014-12-03 às 17.24.28

10 – Bolo de caneca no micro-ondas: se não quiser comprar um pronto, é só misturar 4 colheres de farinha, 4 colheres de açúcar, 2 colheres de cacau ou chocolate em pó, um ovo, e cozinhar por 5 minutos

Captura de Tela 2014-12-03 às 17.28.07

Confira o vídeo completo:

Esse vídeo é, na verdade, uma compilação de vários feito pelo usuário Crazy Russian Hacker, que é um russo muito do maluco que ensina experimentos geniais com zero capricho. Amo.

Testamos: máquina para fazer cupcakes

Lembra quando postamos sobre uma máquina que fazia bolos e sobre uma máquina que fazia cupcakes? Pois é, não me aguentei e comprei a segunda. É uma máquina chamada Cupcake Maker I, da Britania. E eu que quis mesmo, esse post não é jabá (mas ó, se quiserem mandar algum, tô aceitando).

Quem me segue no Instagram (@gabrielkdt) acompanhou a saga da compra, da espera e dos primeiros bolinhos. Funciona como o nome sugere: é igual uma dessas máquinas de waffle ou sanduíche, mas ao invés daqueles formatos, é afundada para você colocar a massa.

Captura de Tela 2014-11-16 às 21.52.04

E é bem fácil fazer. Eu optei em comprar uma massa pronta de caixinha para essa primeira vez, pois ela já viria com forminhas, glacê e granuladinhos. Foi uma ótima ideia para a primeira fornada, a única coisa ruim é que veio uma forminha grande demais para a máquina (que, no caso, usa forma número 2), então alguns ficaram meio amassados.

Captura de Tela 2014-11-16 às 21.57.35A massa que comprei foi da Dr. Oetker, mas tem várias no mercado. Ela era uma delícia, mas achamos por aqui o glacê meio doce demais – o que não impediu que todos os bolinhos acabassem rapidinho.Captura de Tela 2014-11-16 às 21.59.51

A máquina funciona bem, deixa tudo pronto bem rápido (8 minutos!), mas os cupcakes não são muito altos. No caso, o melhor é fazer uma cobertura legal ao invés de tentar rechear eles por dentro, sabe? Ah, e a melhor parte: por ser feito dentro de forminhas não tem louça pra lavar depois!

A máquina vem com livro de receitas (incluindo uma de cupcake de churros!) e alguns acessórios pra decorar – que não utilizei nesses primeiros bolinhos. Adorei a experiência e tô louco pra fazer mais vezes!

Captura de Tela 2014-11-16 às 21.43.59

Um mural de memórias bem fácil de fazer

Meu novo projeto é fazer mais arte. Eu mesmo fazer meu quadros novos, por exemplo. Fui numa dessas lojas de móveis (tipo Etna, Tok & Stock) e comprei uma moldura preta e deixei aqui pra quando batesse a inspiração.

Mas ela não bateu.

Cansado de olhar para aquele retângulo vazio, abri o pacote, tirei o papel que vinha junto e vi que o fundo era preto! Coloquei a moldura e o vidro pra baixo e fui colocando todos os papéis legais que estavam espalhados pela casa: polaroids, postais e ingressos de shows e exposições.

E pronto!

DSC_0460

Continuar lendo

Decore sua casa com um pisca-pisca e bolinhas de pingue-pongue!

pisca-pisca-7886461-209-thumb-570.jpg.pagespeed.ce.j-sZlpn2Ud

Quando o Natal passa, o que você faz com as luzinhas da sua árvore? Nossa sugestão é nunca tirá-las da sala! Guarde a árvore, mas transforme a decoração natalina em algo pro ano todo usando bolinhas de pingue-pongue!

É simples: elas são vendidas em grandes quantidades e são bem baratas. Você faz um X nelas com um estilete e enfia a luzinha dentro. Pronto! É só isso. Fica bem decorativo, né?

A única observação importante: essas bolinhas de pingue-pongue são inflamáveis, então só faça se seu pisca-pisca for de LED, pois ele não esquenta.

Continuar lendo

Uma privada que funciona com a água da máquina de lavar

Economizar água é lei agora no Brasil, especialmente aqui em São Paulo. Então, que tal essa ideia de uma privada que usa, como água, aquela que lavou a sua roupa e seria jogada fora. Ela ganhou o nome de Washup e foi apresentada numa feira de invenções em 2008 (aqui).

Super útil ou exagero?

1

Captura de Tela 2014-11-14 às 10.45.22

Relacionados:
- Como escolher sua máquina de lavar
- Como economizar água em casa

Engarrafados: coquetéis prontos para beber

Captura de Tela 2014-11-13 às 17.06.53

Essa ideia é muito boa! Engarrafados é uma empresa especializada em cocktails alcoólicos engarrafados, feitos de maneira artesanal e sem a adição de conservantes ou qualquer outro aditivo. Você pode comprar o produto em pequena, média e larga escala – mas por enquanto o serviço de entrega é apenas em Belo Horizonte.

Tem várias coisas boas e os preços são justos – especialmente se você comparar com o preço do cardápio de ~certas~ boates e restaurantes por aí, aqueles que cobram uma fortuna por um drinkzinho minúsculo e mal feito.

Continuar lendo